0
                

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias Categorias
Autarquia
Cultura
Modernização Administrativa
Recursos de Pesquisa
Serviços
Sociedade
Educação
Categorias
28 de Outubro
  Município de Ponte de Lima inicia nova temporada da Bebéteca
20 de Junho a 31 de Outubro
  Município de Ponte de Lima inaugura exposição evocativa dos 100 anos da morte de António Feijó
16 de Outubro a 30 de Novembro
  Retratos de Feijó em exposição na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima
19 de Janeiro a 27 de Dezembro
  Biblioteca Municipal dinamiza sessões de cinema em língua portuguesa
Todos os Eventos






Biblioteca Municipal de Ponte de Lima apresenta a obra 'A Retirada de Guileje'
Cultura| 10 de Fevereiro de 2012
Biblioteca Municipal de Ponte de Lima apresenta a obra 'A Retirada de Guileje'
Biblioteca Municipal de Ponte de Lima apresenta a obra 'A Retirada de Guileje'
A Biblioteca Municipal de Ponte de Lima apresenta no dia 17 de fevereiro, às 18h30, a obra "A Retirada de Guileje", da autoria do Cor. Art.ª Alexandre Coutinho e Lima.

Natural de Viana do Castelo, o autor frequentou a Escola de Exército, hoje Academia Militar, sendo oficial da Arma de Artilharia desde 1957, com a especialização de Observador Aéreo.

"A Retirada de Guileje" relata as operações militares que as Forças Armadas Portuguesas desenvolveram de 1961 a 1974 nos territórios sob administração de Portugal em Angola, Guiné e Moçambique, e que ficarão para a História como as Últimas Campanhas do Império. A obra remete-nos para o episódio ocorrido na noite de 21 para 22 de maio, quando o Major Coutinho e Lima, Comandante do Comando Operacional de Guileje, zona conhecida como "corredor de Guileje, especialmente pela implantação de minas e armadilhas e execução de fogos de retaliação", decide abandonar Guileje, não conseguindo transmitir essa decisão ao seu Comando por falta de comunicações.

Esta decisão determinou a sua prisão preventiva em prisão fechado e a ordenação de um Auto de Corpo de Delito, de acordo com o Código de Justiça Militar então em vigor.

O Major Coutinho e Lima esteve preso durante 1 ano. Nunca foi julgado, pelo que não foi considerado culpado ou inocente pela decisão que tomou, enquanto comandante de tropa em operações.

O agora Coronel de Artilharia, nunca se conformou com o facto de os seus atos não terem sido julgados e relata-nos no livro que publica "A Retirada de Guileje - 22 de maio de 1973", a sua história desses tempos.

 

Palavras chaves
voltar
topo
    Acompanhe-nos nas Redes Sociais:

 

Últimas notícias da categoria Cultura
Familiares de António Feijó retomam ciclo de tributo ao poeta | 17.10.2017
Município de Ponte de Lima promove obra de estreia de José Luís da Costa Sousa | 16.10.2017
Retratos de Feijó em exposição na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima | 16.10.2017
Cinema História evoca legado de Margaret Thatcher | 04.10.2017
Mostra de tributo a Agustina Bessa-Luís em mês de aniversário da autora | 19.09.2017
 
Categorias

Categorias




Copyright © 2012-2013. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :