Passar para o Conteúdo Principal Top

biblioteca-municipal-branco

Biblioteca_1

Ponte de Lima à mesa: contributos para a sua carta gastronómica

Ponte de lima a mesa 1 1024 2500
2022/03/02

CAMPELO, Álvaro – Ponte de Lima à mesa: contributos para a sua carta gastronómica. Ponte de Lima: Município de Ponte de Lima, 2021. 339 p. ISBN 978-972-8846-89-3.

Preço: €15,00 (inclui o valor da taxa de IVA legal em vigor)

Como encomendar: contacte-nos através do e-mail: arquivo@cm-pontedelima.pt

Nota de Abertura

O concelho de Ponte de Lima é visitado anualmente por milhares de forasteiros que procuram a sua afanada gastronomia, como o Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima, ex-libris da gastronomia limarense, mas também outros pratos com forte tradição local, como o bacalhau de cebolada, a lampreia, o naco da minhota, entre muitos outros.

A arte de bem comer é, desde tempos imemoriais, uma imagem de marca deste concelho. Veja-se o exemplo de António Feijó, poeta gastrónomo, que, à semelhança de outras figuras limianas ilustres, foi um digníssimo embaixador da gastronomia da sua terra natal e do Vinho Verde, tendo, por isso, merecido por parte de outros poetas e amigos, entre os quais Guerra Junqueiro e Eça de Queirós, o apelido de “opíparo Feijó”.

O “Ponte de Lima à Mesa”, que nasce de um projeto de investigação, no âmbito do qual foi levado a cabo um rigoroso levantamento de receituário pelas diversas freguesias do concelho, tem como objetivo principal a construção de uma Carta Gastronómica de Ponte de Lima, onde cada receita surge devidamente contextualizada no tempo e no espaço, com a relação entre o nome do prato e os ingredientes, as técnicas de culinária e os processos de cozinha, dando assim a conhecer o que de melhor se faz em termos gastronómicos, contribuindo também para reavivar pratos outrora comuns e que, por razões diversas, caíram em desuso.

O título do livro, atribuído pelo seu autor, o antropólogo Álvaro Campelo, serviu de mote para a realização de ações de capacitação dirigidas à restauração do concelho de Ponte de Lima, incentivando a restauração a (re)descobrir pratos tradicionais e a incluí-los nas suas ementas sazonais. Para o efeito, foi utilizado o emblemático edifício da Clara Penha – Casa dos Sabores, local desde sempre ligado à promoção e valorização da gastronomia limiana, designadamente do Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima.

Cabe agora a todos os limianos e mais concretamente à restauração reavivar os pratos tradicionais e introduzir nos seus cardápios algumas dessas iguarias, confecionadas com produtos endógenos, representativos do território, tendo em conta a sazonalidade desses mesmos produtos, devidamente harmonizados com o Vinho Verde da região.

Venha degustar e deliciar-se com a nossa gastronomia!

Victor Mendes
Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima